Ferramentas Pessoais
Navegação
Acessar


Esqueceu sua senha?
 
Regional Fortaleza

Continua o combate ao Aedes aegypti na regional

02 de junho de 2017

Combater o Aedes aegypti é uma tarefa contínua e de todos, pessoas físicas e jurídicas. Atenta a isso, a Divisão de Logística de Fortaleza (Glfla) acompanhou mais uma medida preventiva em relação ao mosquito Aedes aegypti na empresa: nesta quinta-feira, 1° de junho, a Secretaria Municipal da Saúde inspecionou os ambientes da regional e da Ases e avaliaram que estão a contento as ações gerais da empresa para o combate ao mosquito.

A Glfla informa que os agentes da Secretaria mencionaram somente um ponto de alerta contínuo, relacionado à água de chuva na lateral da rua Eduardo Bezerra, fora da empresa, e que já é acompanhado pela regional. A área frisa ainda que, constantemente, equipes de limpeza fazem vistorias no entorno dos prédios da regional para recolher objetos que possam acumular água.

Tarefa de todos

Vale reforçar que o combate ao transmissor da dengue, chikungunya e zika é tarefa diária e deve ser compartilhada por todos tanto no ambiente de trabalho como em casa e na vizinhança dos bairros. Os representantes da secretaria, que visitam domicílios e empresas (no caso do Serpro, semanalmente), informaram que o São João do Tauape, por exemplo, encontra-se atualmente na quarta posição, entre os bairros de Fortaleza, em relação ao número de casos confirmados de chikungunya.

Esta posição é resultado de uma maioria de casos (90%) de pessoas que foram contaminadas no ambiente doméstico - ou no próprio domicílio ou em sua vizinhança - e por conta de pequenos descuidos, entre eles, o hábito de deixar água acumulada em recipientes como o suporte de galão de água.

Fique atento e faça sua parte. Leia mais sobre controle do Aedes aegypti em combateaedes.saude.gov.br
 

« Agosto 2017 »
Agosto
SeTeQuQuSeSaDo
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031